Conceito Gin

conceito-gin
A história do Gin começa na Antiguidade e estende-se até aos dias de hoje.

Contudo, a primeira data confirmada de produção de Gin ocorreu no início do século XVI, na Holanda.
Na altura, o principal objectivo passava por produzir uma bebida medicinal, pois eram atribuídos ao zimbro benefícios no foro digestivo e de combate à gota. Até ao século XIV este era utilizado como cura para inúmeras doenças.

Assim, o Gin era uma bebida que podia ser ingerida por qualquer pessoa, inclusive por crianças. Entretanto, a bebida, que já produzida em Inglaterra mas em pequena escala, ganhou outras proporções e a sua procura aumentou.

Este aumento deveu-se ao facto de a bebida ser servida às tropas inglesas, que combatiam nos países baixos, na Guerra dos 30 Anos, devido às suas capacidades térmicas.

No regresso a casa, as tropas começaram a trazer a bebida consigo, levando assim ao aumento do consumo e ao consequente aumento de produção.

No século XVII, a crescente popularidade do Gin em Inglaterra começou a criar rivalidades com a cerveja, a bebida mais consumida no país na altura.

Em 1689, quando o governo Inglês permitiu a destilação e o comércio a todos os ingleses que pagavam determinados impostos, regulamentou a venda de Gin com uma política fiscal inconsistente.

A pronta disponibilidade e o baixo custo de Gin levaram ao surgimento de uma massa de consumo, conhecida por “Gin Lane”.
Mais tarde políticos e líderes afirmaram que o consumo de Gin incentivava a preguiça e o comportamento criminoso. Desta forma, em 1729, o parlamento autorizou a “Gin Act”, a célebre medida que aumentou, em grande escala, o imposto de distribuição, dificultando a obtenção de licenças.

Estas ações, que não foram bem vistas nem bem aceites pelas classes trabalhadoras, acabaram por provocar tumultos em Londres, levando à redução significativa de licenças e taxas fiscais poucos anos depois.

Em 1742, a “Gin Act” foi revogada, tendo sido construída e introduzida uma nova política, agora com preços relativamente elevados, impostos considerados razoáveis e distribuidores licenciados sob a supervisão de magistrados.

Estas mudanças levaram ao surgimento de empresas mais respeitáveis e credíveis, que decidiram embarcar no negócio de destilação e distribuição de Gin.

O Gin tornou-se numa bebida de alta qualidade, que se tem mantido até aos nossos dias.

Numa carta com quase 40 gins, tudo é possível!